Trata-se de um método de trabalho ainda mais dinâmico que
os treinos convencionais. Ele é caracterizado por mesclar diferentes
capacidades físicas em um único exercício. Assim, o foco passa de um grupo
muscular isolado para todo o corpo – os movimentos trabalham a força muscular,
a flexibilidade, o sistema cardiorrespiratório, a coordenação motora e o
equilíbrio.

O Treinamento Funcional implica numa maior complexidade
do movimento e no envolvimento de várias capacidades físicas. Isso faz com que
o organismo tenha um gasto energético muito maior, além de trazer grandes
contribuições, como o fortalecimento muscular, a melhora da postura, melhorias
no sistema cardiorrespiratório, maior flexibilidade, equilíbrio e coordenação
motora, entre outros mais.